EUA NÃO ENDOSSAM PROPOSTA DO BRASIL NA OCDE APÓS APOIÁ-LA PUBLICAMENTE

O presidente Jair Bolsonaro aperta a mão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após sessão da Assembleia Geral da ONU Foto: Alan Santos / Presidência da República 24-9-19WASHINGTON —  O governo dos EUA se recusou a apoiar a proposta do Brasil de ingressar na Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), revertendo sua orientação, após as principais autoridades americanas a apoiarem publicamente .

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo , rejeitou um pedido para discutir mais ampliações do clube dos países mais ricos, de acordo com uma cópia de uma carta enviada ao secretário-geral da OCDE, Angel Gurria, em 28 de agosto à qual a Bloomberg teve acesso. Ele acrescentou que Washington apoia apenas as candidaturas de adesão de Argentina e Romênia.

“Os EUA continuam a preferir a ampliação a um ritmo contido que leve em conta a necessidade de pressionar por planos de governança e sucessão”, afirmou o secretário de Estado na carta.

A mensagem contradiz a posição pública dos EUA sobre o assunto. Em março, o presidente Donald Trump disse em entrevista coletiva conjunta com o presidente Jair Bolsonaro na Casa Branca que apoiava à adesão do Brasil ao grupo de 36 membros, conhecido como “o clube dos países ricos”. Em julho, o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, reiterou o apoio de Washington ao Brasil durante uma visita a São Paulo.

Os EUA apoiam a ampliação comedida da OCDE e um eventual convite ao Brasil, mas dedicam-se primeiro ao ingresso de Argentina e Romênia, tendo em vista os esforços de reforma econômica e o compromisso com o livre mercado desses países, disse uma autoridade sênior dos EUA, que pediu para não ser identificada por não ter autorização para discutir deliberações políticas internas em público.

O endosso dos EUA à entrada brasileira na OCDE no início deste ano foi um dos primeiros claros benefícios obtidos pelo estreito alinhamento de Bolsonaro com o governo Trump.  A entrada no grupo é considerada uma das principais apostas da política externa do Brasil.

Oglobo

DIA DA SAÚDE MENTAL: BRASIL LIDERA RANKINGS DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE

Resultado de imagem para dia da saude mentalO Brasil tem números alarmantes de indivíduos com depressão e transtornos de ansiedade, o que, nesta quinta-feira (10), Dia Mundial da Saúde Mental, acende um alerta, principalmente se for considerado que os casos de suicídio têm subido no país.

Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) mostram que 5,8% dos brasileiros (cerca de 12 milhões de pessoas) sofrem de depressão. É a maior taxa da América Latina e a segunda maior das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos.

Estima-se que entre 20% e 25% da população teve, tem ou terá depressão, sendo essa a doença psiquiátrica com maior prevalência no Brasil.

Em seguida, aparece a ansiedade, que afeta 9,3% dos brasileiros (cerca de 19,4 milhões), e faz com que o Brasil ocupe o primeiro lugar da lista de países mais ansiosos do mundo.

Os transtornos ansiosos incluem fobia, transtorno obsessivo-compulsivo, estresse pós-traumático e ataque de pânico.

O suicídio é a terceira principal causa externa de mortes no Brasil (atrás de acidentes e agressões), com 12,5 mil casos em 2017, segundo o Ministério da Saúde. Em relação ao ano anterior, o aumento foi de 16,8%.

Menosprezar doenças psiquiátricas e, consequentemente, o tratamento contribui para o aumento de casos de suicídio, observa o médico psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, presidente da Apal (Associação Psiquiátrica da América Latina) e diretor da Associação Brasileira de Psiquiatria.

“Depressão é uma doença como qualquer outra, como diabetes, hipertensão, pneumonia… portanto, pode acometer qualquer pessoa em qualquer idade.”

Silva afirma que, apesar dos avanços da medicina e das terapias para tratar doenças psiquiátricas, “ainda existe muito preconceito”.

“Ninguém fala para uma pessoa com câncer deixar a doença de lado, mas há quem fale isso para quem sofre de depressão, o que é um erro”, completa.

O psiquiatra explica existem componentes genéticos ligados ao desenvolvimento de doenças psiquiátricas, mas que também os fatores estressantes estão mais presentes na sociedade de hoje.

“Está se diagnosticando mais, e nós temos mais fatores que estão desencadeando mais quadros psiquiátricos naqueles que têm tendência genética.”

Por outro lado, acrescenta, os tratamentos evoluíram consideravelmente nas últimas décadas.

“Hoje, a gente tem não só medicamentos, mas psicoterapias que têm uma melhor resposta do que há 50 anos atrás. […] Quando faz uma intervenção precoce, há chance de tratar e nunca mais ter [a doença] na vida”, conclui Silva.

R7

CAIXAS MISTERIOSAS QUE APARECERAM NO LITORAL NORDESTINO SÃO DE NAVIO ALEMÃO NAUFRAGADO NA 2ª GUERRA MUNDIAL EM 1941, DIZEM PESQUISADORES

Pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), identificaram que as caixas misteriosas que apareceram em praias do Ceará e de outros estados do Nordeste são provenientes de um navio alemão que naufragou no litoral nordestino em 1941. Os materiais são grandes fardos de borracha, mas ainda não se sabe para as caixas eram utilizadas. A descoberta ocorreu durante pesquisas para tentar identificar a origem das manchas de óleo que surgiram no litoral do Nordeste.

O mistério das caixas começou em outubro do ano passado, após o primeiro aparecimento em Alagoas. No Ceará, os fardos apareceram nas praias de Aracati, Camocim, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Trairi e Pecém, além do Serviluz, em Fortaleza. De acordo com o professor Luís Ernesto Bezerra, cerca de 200 caixas foram encontradas em todo litoral .

De acordo com Carlos Teixeira, oceanógrafo físico do Labomar, o navio “SS Rio Grande” utilizava nome brasileiro para se disfarçar dos inimigos de guerra e era carregado com esses fardos de borracha. Ele foi afundado por forças aéreas dos Estados Unidos.

Segundo o professor, a descoberta ocorreu em meio a pesquisas sobre a origem das manchas de óleo que vêm aparecendo no litoral de vários estados do Nordeste.

“A gente sabia das caixas, mas nunca tínhamos conseguido desvendar de onde elas vinham. Aí veio a problemática do óleo. Por coincidência, ou não, a ocorrência desse óleo está acontecendo na mesma época do ano em que as caixas começaram a aparecer no ano passado”, relata.

A relação entre as manchas de óleo e as caixas, porém, está descartada “por enquanto” pelos pesquisadores pelo fato de as manchas se tratarem de petróleo cru relativamente recente. “Para ter relação o óleo teria que ser muito velho. O naufrágio foi em 1941, há 78 anos atrás”.

“Navios naufragados começam a sofrer corrosão, então décadas depois começam a vazar as suas cargas. E por ter acontecido no Oceano Atlântico perto do Nordeste elas chegaram até aqui”, disse o professor Luís Ernesto Bezerra.

Pesquisa histórica

Esta curiosidade levou o oceanógrafo a começar uma pesquisa histórica juntamente com os professores de oceanografia do Labomar, Luís Ernesto Arruda e Rivelino Cavalcante, do Curso de Ciências Ambientais da UFC.

“Eu encontrei uma caixa em Itarema [Interior do Ceará], que tinha uma inscrição pertencente à Indonésia Francesa, que ficou independente em 1953, ou seja, é muito antiga. Então começamos a pesquisas e encontramos confirmações desse naufrágio”, conta Luís Ernesto.

O navio naufragou entre 1º e 4 de janeiro de 1941, mas só foi descoberto mais de 50 anos depois, em 1996, a cerca de mil quilômetros do litoral. Carlos Teixeira começou então um trabalho de simulação para confirmar que as caixas poderiam chegar até a costa nordestina e obteve a confirmação nesta quarta-feira (9): “Temos 99% de certeza dessa origem”.

G1

QUANTO CADA ESTADO RECEBERÁ COM O LEILÃO DO PRÉ-SAL

A Câmara aprovou ontem o projeto que distribui os R$ 106,5 bilhões que o governo espera arrecadar com o megaleilão do pré-sal.

Desse valor, R$ 10,9 bilhões serão distribuídos entre os estados, que deverão gastar o dinheiro com os rombos de seus regimes de Previdência. A sobra, se houver, poderá ser usada para investimentos.

Veja quanto cada estado receberá, se o texto for aprovado pelo Senado, segundo levantamento do Globo:

  • Rio de Janeiro – R$ 2,3 bilhões
  • Minas Gerais – R$ 847 milhões
  • Bahia – R$ 762 milhões
  • Pará – R$ 704 milhões
  • Mato Grosso – R$ 664 milhões
  • São Paulo – R$ 631 milhões
  • Maranhão – R$ 563 milhões
  • Pernambuco – R$ 507 milhões
  • Ceará – R$ 506 milhões
  • Paraná – R$ 493 milhões
  • Rio Grande do Sul – R$ 449 milhões
  • Alagoas – R$ 391 milhões
  • Goiás – R$ 382 milhões
  • Amazonas – R$ 358 milhões
  • Piauí – R$ 348 milhões
  • Espírito Santo – R$ 331 milhões
  • Rio Grande do Norte – R$ 328 milhões
  • Paraíba – R$ 311 milhões
  • Acre – R$ 308 milhões
  • Sergipe – R$ 297 milhões
  • Tocantins – 286 milhões
  • Rondônia – R$ 276 milhões
  • Amapá – R$ 265 milhões
  • Mato Grosso do Sul – R$ 265 milhões
  • Roraima – R$ 226 milhões
  • Santa Catarina – R$ 188 milhões
  • Distrito Federal – R$ 64 milhões

 

Oantagonista

APÓS SEIS HORAS, CORPO DE BOMBEIROS CONTROLA INCÊNDIO FLORESTAL EM CEARÁ-MIRIM

Após seis horas de trabalho, o Corpo de Bombeiros controlou na madrugada desta quinta-feira (10) um incêndio florestal que atingiu área estimada em 40 hectares no município de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. Não houve registro de prédios atingidos e pessoas feridas.

De acordo com a corporação, duas equipes, em duas viaturas, foram enviadas ao local. Os profissionais ainda contaram com ajuda de voluntários e carros-pipa cedidos pela prefeitura. O impacto do fogo na fauna e na flora, bem como o que motivou o incêndio, ainda serão apurados.

O combate começou por volta das 18h30 e foi debelado por volta das 2h, segundo o Corpo de Bombeiros. Este foi o único, ao longo do dia. Segundo a corporação, somente na quarta-feira (9), houve registro de 21 incêndios florestais no Rio Grande do Norte.

G1

MAIS QUERIDO ENFRENTA O FORTALEZA/CE NA PRÉ-COPA DO NORDESTE SUB-20

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou no sábado passado (5), os detalhes que envolvem a Copa do Nordeste Sub-20. O Mais Querido disputará a fase classificatória da competição e vai brigar por uma vaga na fase de grupos contra o Fortaleza/CE.

O Clube do Povo buscará a classificação contra o Tricolor cearense em confronto único, partida marcada para o próximo domingo (13), às 15h, no Estádio Presidente Vargas, na cidade de Fortaleza (CE).

Em caso de empate, a decisão da vaga vai para as penalidades. O vencedor do desafio estará classificado para a fase de grupo e ficará no Grupo F, ao lado do Ceará/CE, River/PI e Marília/MA.

Site do ABC FC