CAIXAS MISTERIOSAS QUE APARECERAM NO LITORAL NORDESTINO SÃO DE NAVIO ALEMÃO NAUFRAGADO NA 2ª GUERRA MUNDIAL EM 1941, DIZEM PESQUISADORES

Pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), identificaram que as caixas misteriosas que apareceram em praias do Ceará e de outros estados do Nordeste são provenientes de um navio alemão que naufragou no litoral nordestino em 1941. Os materiais são grandes fardos de borracha, mas ainda não se sabe para as caixas eram utilizadas. A descoberta ocorreu durante pesquisas para tentar identificar a origem das manchas de óleo que surgiram no litoral do Nordeste.

O mistério das caixas começou em outubro do ano passado, após o primeiro aparecimento em Alagoas. No Ceará, os fardos apareceram nas praias de Aracati, Camocim, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Trairi e Pecém, além do Serviluz, em Fortaleza. De acordo com o professor Luís Ernesto Bezerra, cerca de 200 caixas foram encontradas em todo litoral .

De acordo com Carlos Teixeira, oceanógrafo físico do Labomar, o navio “SS Rio Grande” utilizava nome brasileiro para se disfarçar dos inimigos de guerra e era carregado com esses fardos de borracha. Ele foi afundado por forças aéreas dos Estados Unidos.

Segundo o professor, a descoberta ocorreu em meio a pesquisas sobre a origem das manchas de óleo que vêm aparecendo no litoral de vários estados do Nordeste.

“A gente sabia das caixas, mas nunca tínhamos conseguido desvendar de onde elas vinham. Aí veio a problemática do óleo. Por coincidência, ou não, a ocorrência desse óleo está acontecendo na mesma época do ano em que as caixas começaram a aparecer no ano passado”, relata.

A relação entre as manchas de óleo e as caixas, porém, está descartada “por enquanto” pelos pesquisadores pelo fato de as manchas se tratarem de petróleo cru relativamente recente. “Para ter relação o óleo teria que ser muito velho. O naufrágio foi em 1941, há 78 anos atrás”.

“Navios naufragados começam a sofrer corrosão, então décadas depois começam a vazar as suas cargas. E por ter acontecido no Oceano Atlântico perto do Nordeste elas chegaram até aqui”, disse o professor Luís Ernesto Bezerra.

Pesquisa histórica

Esta curiosidade levou o oceanógrafo a começar uma pesquisa histórica juntamente com os professores de oceanografia do Labomar, Luís Ernesto Arruda e Rivelino Cavalcante, do Curso de Ciências Ambientais da UFC.

“Eu encontrei uma caixa em Itarema [Interior do Ceará], que tinha uma inscrição pertencente à Indonésia Francesa, que ficou independente em 1953, ou seja, é muito antiga. Então começamos a pesquisas e encontramos confirmações desse naufrágio”, conta Luís Ernesto.

O navio naufragou entre 1º e 4 de janeiro de 1941, mas só foi descoberto mais de 50 anos depois, em 1996, a cerca de mil quilômetros do litoral. Carlos Teixeira começou então um trabalho de simulação para confirmar que as caixas poderiam chegar até a costa nordestina e obteve a confirmação nesta quarta-feira (9): “Temos 99% de certeza dessa origem”.

G1

APÓS SEIS HORAS, CORPO DE BOMBEIROS CONTROLA INCÊNDIO FLORESTAL EM CEARÁ-MIRIM

Após seis horas de trabalho, o Corpo de Bombeiros controlou na madrugada desta quinta-feira (10) um incêndio florestal que atingiu área estimada em 40 hectares no município de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. Não houve registro de prédios atingidos e pessoas feridas.

De acordo com a corporação, duas equipes, em duas viaturas, foram enviadas ao local. Os profissionais ainda contaram com ajuda de voluntários e carros-pipa cedidos pela prefeitura. O impacto do fogo na fauna e na flora, bem como o que motivou o incêndio, ainda serão apurados.

O combate começou por volta das 18h30 e foi debelado por volta das 2h, segundo o Corpo de Bombeiros. Este foi o único, ao longo do dia. Segundo a corporação, somente na quarta-feira (9), houve registro de 21 incêndios florestais no Rio Grande do Norte.

G1

CONFERÊNCIA VAI DEBATER A ASSISTÊNCIA SOCIAL NO RIO GRANDE DO NORTE

O Governo do Estado, por meio da Sethas, promove a 12ª Conferência Estadual de Assistência Social que tem como tema “Assistência Social – Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social”, nesta quinta (10) e sexta (11), na Escola de Governo, no Centro Administrativo de Natal, com abertura às 9h.

A Conferência vai deliberar sobre a política de Assistência Social do Rio Grande do Norte. Entre os conferencistas estará Márcia Lopes, ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, no governo Lula. Ela é membro da Frente Nacional em Defesa do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) e da Seguridade Social.

Esta 12ª Conferência Estadual é organizada pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e conta com a parceria do Conselho de Assistência Social do Rio Grande do Norte (CEAS-RN), e acontece após a realização das conferências municipais. O debate será sobre a assistência social como política pública, direito do cidadão e dever do Estado.

Pela primeira vez, desde 1995, não haverá a Conferência Nacional de Assistência Social suspensa pelo governo federal, por meio do Ministério da Cidadania, que deveria ser convocada pelo CNAS (Conselho Nacional de Assistência Social) conforme preconiza a LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social).

O governo federal, segundo nota da Frente Nacional em Defesa do SUAS e da Seguridade Social, desqualifica a Conferência Nacional e desconsidera sua função legítima de controle social, utilizando-se de justificativas como a politização da última Conferência em uma flagrante aversão às divergências democráticas, o direito constitucional da livre manifestação.

Em razão da suspensão da 12ª Conferência Nacional, que era realizada a cada dois anos, a Frente convocou um evento paralelo, a Conferência Nacional Democrática de Assistência Social. “Assim, visto a importância das Conferências e considerando a urgência do momento nacional, que exige de no´s avaliação, mobilização, resistência e luta, firmamos o empenho em realizar a Conferência Nacional Democrática de Assistência Social – CNDAS, que terá como tema:“Assistência social: Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social”, destaca em nota o Frente.

Para a secretária da Sethas, Iris Oliveira, a Conferência Estadual acontece em um momento importante da vida política e social do Estado porque no governo da professora Fátima Bezerra, o controle social da assistência social conta com a participação popular, diferente do que acontece na esfera federal em nível nacional. “Nós temos um processo de resistência contra o desmonte da participação popular e do controle social no país”, ressalta. Continue lendo “CONFERÊNCIA VAI DEBATER A ASSISTÊNCIA SOCIAL NO RIO GRANDE DO NORTE”

INCÊNDIO FLORESTAL ATINGE CEARÁ-MIRIM, RN; BOMBEIROS COMBATEM CHAMAS

Um incêndio florestal teve início no fim da tarde desta quarta-feira (09) no município de Ceará-Mirim, região Metropolitana de Natal. As chamas estão altas, mas não atingiram nenhuma edificação até o momento.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo está em uma área de mata próximo ao Rio Água Azul. O subsecretário de Meio Ambiente do município, José Aureliano, informou que o fogo teve início por volta das 17h.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e equipes se deslocaram até o município na tentativa de combater as chamas. A corporação estima que cerca de 40 hectares já foram atingidos.

As equipes se dividem em três pontos diferentes para evitar a expansão da área afetada pelas chamas. Neste momento, são dois focos de incêndio que estão sendo combatidos – um de forma mais efetiva por poder atingir uma casa próxima.

Além do Corpo de Bombeiros, estão no local bombeiros civis e carros-pipas da Prefeitura de Ceará-Mirim para auxiliarem no combate.

Nesta quarta-feira, o Governo do RN decretou situação de emergência nos municípios de Portalegre e Viçosa, com validade de 90 dias, por conta do aumento do número de incêndios florestais na região.

Somente em outubro, até a terça-feira (08), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 60 focos de incêndios no RN. Em agosto foram 52 e em setembro 81 contra um em junho e quatro em julho.

G1RN

COMEMORAÇÃO DOS 30 ANOS DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL

Nesta quarta-feira, 9, a Assembleia Legislativa promove diversas ações para celebrar os 30 anos da Constituição Estadual. A governadora, Fátima Bezerra e o vice-governador, Antenor Roberto, prestigiaram as atividades de comemoração.

A Casa Legislativa realizou uma sessão solene em homenagem aos 27 deputados estaduais constituintes, que receberam a comenda “Deputado Arnóbio Abreu” – presidente da AL-RN durante o processo constituinte. Paralelamente, foi aberta uma exposição fotográfica que retrata a trajetória dos 27 deputados constituintes homenageados.

Houve, também, um desfile cívico da tropa da Polícia Militar. Durante a sessão, aconteceu ainda a premiação do concurso de redação com o tema “30 anos da Constituição Potiguar e o seu papel na construção da cidadania”, lançado pela Escola da Assembleia, que premiou três estudantes da rede pública de ensino e seus orientadores.

*A Constituição Estadual foi publicada oficialmente em 3 de outubro de 1989, um ano após a publicação da Constituição Federal, a “Constituição Cidadã”.

#EquipeGVG
????Elisa Elsie