FJA lança o Edital de Emergência para Arte e Cultura do RN

Nenhuma descrição de foto disponível.

A ação objetiva garantir renda a trabalhadoras e trabalhadores da Cultura Potiguar

O Governo do Estado, através da Fundação José Augusto (FJA), lançou neste sábado (18/04) o Edital Público Simplificado “Tô em casa e Tô na Rede”, que objetiva fomentar 105 (cento e cinco) iniciativas artístico-culturais a serem desenvolvidas para redes sociais em plataformas digitais com acesso gratuito na Internet.

As inscrições, que começam nesta segunda (20/04) e se estendem até o dia 27 de abril. O Edital está publicado na edição deste sábado no Diário Oficial do Estado e disponibilizado no site oficial da FJA (www.cultura.rn.gov.br). Está destinado um total de recursos no valor de R$ 199.500,00 (cento e noventa e nove mil e quinhentos reais).

O “Tô em casa e Tô na Rede” é direcionado exclusivamente a artistas e/ou agentes culturais residentes e domiciliados no RN que vivam profissionalmente da atividade artístico-cultural e que não tenham fonte de renda fixa ou vínculo empregatício.
Excepcionalmente, dada a natureza itinerante dos Circos, os artistas desse segmento ficarão dispensados da comprovação de residência fixa.

Um total de 53 premiações serão destinadas à Região Metropolitana de Natal/RN e 52 premiações ao interior do Estado, com valores individuais de R$ 1.900,00 (hum mil e novecentos reais).

Serão selecionadas iniciativas exclusivamente voltadas para as redes sociais ou plataformas digitais na internet como: Transmissões ao vivo, Vídeos gravados ou Mídias de áudio destinadas para plataformas de Streaming (Podcasts. audiobooks, audioaulas e entrevistas).

Poderão ser inscritos projetos artístico-culturais de linguagens como música, artes cênicas (Teatro, Dança, Circo e Performance), artes visuais, audiovisual, literatura, repente (incluindo-se cantoria de viola, aboio improvisado e coco embolado), outras expressões da cultura popular, dentre outras.

Os proponentes poderão sugerir para análise da comissão de seleção iniciativas artístico-culturais como shows, espetáculos, recitais, seminários, oficinas, bate-papos, videoaulas, contação de histórias, leituras dramáticas, intervenções em janelas desde que transmitidas ou gravadas, dentre outras possibilidades.

“O Edital Tô em casa e Tô na Rede atende a demanda emergencial de trabalhadores e trabalhadoras da cultura do RN que tiveram suas atividades paralisadas em virtude da pandemia da COVID 19. Consideramos as determinações da governadora Fátima Bezerra, sempre comprometida com a Cultura; a suspensão dos eventos culturais presenciais; e fundamentalmente o fato de que nossos artistas necessitam garantir sua integridade física e financeira neste momento”, declarou o diretor geral da FJA, Crispiniano Neto.

Acesse o Link direto do Edital Público Simplificado “Tô em casa e Tô na rede”:
http://adcon.rn.gov.br/…/secretaria_extraordi…/Conteudo.asp…

FJA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *